Televendas

(31) 3222-2107
(31) 2555-2107

Cautermax + Dermafreeze

Endutos Ind e Comércio Ltda

Escolha uma opção

Tamanho
 Cautermax Fina
 Cautermax Larga
 Cautermax Redonda

R$ 389,00

6x de R$ 64,83 no cartão

ver parcelas

R$ 357,88 (8,00% de desconto) no boleto
bancario ou bankline

Descrição Resumida
CAUTERMAX
 
Fantástica caneta de cauterização prática, portátil, eficiente e fácil de usar. Para todas as especialidade medicas, odontológicas e veterinárias.
 
DERMAFREEZE
 
Spray para tratamentos crioterápicos. Indicado para Dermatologia, Ginecologia, Urologia, Estética e Medicina Veterinária.
 
Descrição
CAUTERMAX

Disponível nas seguintes ponteiras:

Cautermax (cauterizador de alta temperatura) é um aparelho estéril bipolar portátil, operado à bateria para a cauterização de pequenos vasos sanguíneos e pequenos procedimentos cirúrgicos. Os cauterizadores elétricos descartáveis fornecem uma excelente alternativa com custo menor do que os cauterizadores que utilizam rádio-frequência. Ele pode ser utilizado ao invés dos incômodos “kits” de cirurgia por eletrolise que consistem na unidade + cabos + fórceps de coagulação, cuja montagem muitas vezes demora mais do que a própria cauterização.

Existem três modelos que variam de acordo com o formato da ponta cauterizadora: fina, larga ou redonda. Estas escolhas permitem uma grande variedade de incisões, recessões e secções a serem cauterizadas eficientemente.

O Cautermax tem o formato de uma caneta e é descartável: ideal para até 90 pequenos procedimentos.
 
GUIA DE APLICAÇÕES
 
CIRURGIA CARDIOVASCULAR E TORÁCICA
 
Substituição de válvula                                                                  
Endarterectomia da carótida                                                       
Ponte da artéria femoral popliteal                                                               
Duto arterial                                                                                       
Formação de fístula                                                                                          
Implantes de marca-passos                                                                                       
Shunt arteriovenoso                                                                                           
Cateterismo cardíaco                                                                                                 
 
PROCTOLOGIA
Cirurgia de condiloma retal                                                                           
Hemorroidectomia                                                                                                
Tratamento de laceração peritonial                                                           

CIRURGIA GERAL
Dissecação do cólon                                                                      
 
GINECOLOGIA
Salpingectomia                                                                                                  
Histerectomia abdominal                                                                                           
Mastectomia                                                                                                                   
Vulvectomia                                                                                                                   
Vaginoplastia                                                                                                                 
 
 CIRURGIA GINECOLÓGICA AMBULATORIAL
 
Incisão e drenagem de abcesso                                                             
Remoção de condiloma acuminata vulvar ou perineal                                        
Cirurgias vulvares                                                                   
Remoção de tecido displásico de pequenas dimensões                    
 
NEUROCIRURGIA
 
Laminectomia                                                                                     
Remoção de tumores                                                                                       
Neuroma acustico                                                                                                        
 
ORTOPEDIA
 
Artroplastia                                                                                                           
Cirurgia de joelho                                                                                  
Remoção de higroma                                                                                                 
Procedimentos de enxertos ósseos                                                                         
 
OTORRINOLARINGOLOGIA e CIRURGIA GERAL
 
TIreoidectomia                                                                                                               
Controle de eplstaxe                                                                        
Polipectomia                                                                                      
 
Cirurgia de carbúnculo                                                                                   
Traqueostomia                                                                                                               
Remoção da glândula parótida                                                                             
Rinoplastia                                                                                                           
Cirurgia de sinus                                                                                                 
Cirurgia do septo nasal                                                                                                  
          
UROLOGIA
 
Vasectomia                                                                                                                     
Remoção de cálculos                                                                         
Circuncisão                                                                                                                     
 
CIRURGIA PLÁSTICA
 
Bleparoplastia                                                                                                                
Reconstrução septonasal                                                                                           
z-plastia                                                                                                                 
Lacerações                                                                                                          
Queimaduras                                                                                                      
Mamoplastia                                                                                                                  
Retirada para enxerto                                                                             
Lipectomia abdominal                                                                                    
Transplantes capilares                                                                                                 
Remoção de cicatriz                                                                                         
 
OFTALMOLOGIA
 
Reparos de queimaduras e lacerações                                                                 
Remoção de tumores e cistos                                                                        
Dacriocistorinostomia    

PRONTO-SOCORRO

Remoção de hematoma sub-ungueal                                                
 
DERMATOLOGIA
 
Remoção de tumores cutâneos benignos como:
Fibroma                                                                        
Molusco contagioso                                                                         
Milium                                                                                         
Calos cutâneos                                                                                  
Papiloma ceratoso                                                                            
Papiloma infeccioso                                                                         
Condiloma acuminata                                                                    
Verrugas                                                                                   

E MAIS: PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS EM VETERINÁRIA E ODONTOLOGIA

 
FICHA TÉCNICA
 
DESCRIÇÃO: Cauterizador  movido à bateria
PONTA: fina, larga ou redonda
MATERIAL: ABS Novadur Bayer
COMPRIMENTO: 18 cm
FILAMENTO: Níquel Cromo
TEMPERATURA MAX.: 1.200°C (2.200 °F)
PESO: 65 gr                                                                                                                                  
ENERGIA: 2 baterias alcalinas tipo “AA”
ESTERILIZAÇÃO: óxido de etileno (Obs: a ponta do Cautermax é auto-esterelizável. Após o uso deixar esfriar totalmente de modo a prevenir possíveis queimaduras. Depois, limpar a ponta com gaze embebida em álcool, deixar secar e acionar o botão até que a ponta fique incandescente (1200 graus) por alguns segundos. Este procedimento destrói qualquer ser vivo na ponta do Cautermax).
 
REGISTRO ANVISA: 80213730010
 
TEMPO DE FUNCIONAMENTO COM ALTA TEMPERATURA: 10 MINUTOS CONTINUOS OU DE 50 A 90 PEQUENAS INTERVENÇÕES - APÓS O TÉRMINO DAS BATERIAS, DESCARTAR O PRODUTO.
ARMAZENAMENTO: Temperatura de + 0°C à +50°C / umidade relativa do ar: de 20% à 80%
VALIDADE: 24 meses da data de fabricação estampada na caixa

O Cautermax alcança uma temperatura máxima enquanto em uso de 1.200°C e devido as suas 2 baterias alcalinas, tem uma longa duração. Ela pode ser utilizada em ginecologia, cardiologia, cirurgia cardiovascular e torácica, neurocirurgia, ortopedia, otorrinolaringologia, urologia, cirurgia plástica e reconstrutiva, etc. O Cautermax é recomendável para todas as necessidades de cauterização rápida e eficiente.  


 

DERMAFREZZE

Spray para tratamentos crioterápicos. Indicado para Dermatologia, Ginecologia, Urologia, Estética e Medicina Veterinária.

ATENÇÃO: RECOMENDÁVEL O USO DE ÓCULOS DE PROTEÇÃO PARA VISÃO DEVIDO POSSIBILIDADE DE JATOS RETRÓGRADOS.

DermaFreeze foi desenvolvido a partir da constatação da eficácia desta técnica e o agente criogênico utilizado, gases fluoretados – atóxicos, inodoros, não-inflamáveis e não-agressores da atmosfera, última palavra em propelente gasoso.

Em função de suas característica térmicas, O DermaFreeze é especialmente recomendado na terapêutica de lesões benignas da pele. A relação custo/benefício é totalmente favorável para profissionais e clínicas.

Indicações - 

Dermatologia: suas indicações são semelhantes às do nitrogênio líquido para lesões benignas ou pré-malignas, entre elas: molusco contagioso, verrugas Peri - ungueais e outras, queratoses actínicas, manchas senis, melanoses solares, granulomas piogênicos, cicatrizes hipertróficas, quelóides, cistos mucosos, etc.

Pode ser usado como anestésico local.

Ginecologia e Urologia: condiloma acuminado, foliculites, verrugas, molusco contagioso. Pode ser usado como anestésico tópico para pequenos procedimentos cirúrgicos; tais como: drenagem de abcessos, biópsias, injeções, etc.

Veterinária: na crioterapia de lesões benignas e malignas da pele de animais domésticos;

Cones utilizados para direcionar o jato do spray (6 diâmetros)

 

DermaFreeze®- spray crioterápico

Instruções de uso

Manuseio - ao receber o produto, remova o lacre que fica sobre o gatilho, insira o tubo extensor, aponte o conjunto para o piso para ver se o fluxo do gás está normal.

Protocolo de uso

Considerações gerais

Selecione o cone adequado ao tamanho da lesão (considerar o diâmetro interno do cone), mantenha-o pressionado contra a pele para que não haja extravasamento do criogênio. O posicionamento deve ser de tal forma que a lesão tratada fique no plano horizontal.
Direcione o tubo extensor para a parte interna inferior do cone e não diretamente para a lesão.
Acione suavemente o gatilho, para que não haja respingos e para se ter o controle do volume do gás.
Quando o líquido parar de borbulhar e congelar (dando o frost/camada de gelo) o cone poderá ser removido.
Não tocar no local após a aplicação, pois isso reduzirá a eficácia do produto.
Pós-tratamento: recomenda-se o retorno após 15 dias e sempre o uso de filtro solar.
Atenção: coloque tampões sobre os olhos do paciente, quando a lesão a ser tratada se localizar na face. O profissional que estiver realizando o procedimento deverá usar óculos de proteção.

Protocolo de tratamento

Jato curto (de 1 segundo aproximadamente). Acionar o gatilho, dizendo 101, por exemplo.
Considerando-se um cone médio (5 mm), o líquido ficará borbulhando durante ± 40 segundos.  Enquanto o criogênio estiver borbulhando, estará promovendo o efeito desejado. Vamos considerar sempre jatos curtos como referência, para o total controle do criogênio. O processo de jatos curtos é mais eficiente do que um jato longo de igual volume. Portanto, as lesões que re outras, sempre aguardar o 1° jato secar e dar o frost, para aplicar o 2° jato, e assim por diantequerem mais de um jato, tais como verrugas, queratoses e.

Exemplos de tratamento

Melanose solar (manchas senis): somente 1 jato curto, com borbulhamento dentro do cone de 35 a 45 segundos. Retira-se totalmente a gordura do local. Para pacientes com muitas manchas, é indicado que o tratamento seja efetuado em duas ou mais sessões, pois sentirá ardor durante e logo após a aplicação. Quando retornar para uma nova sessão, aproveite para observar se as manchas onde foi feita as aplicações escureceram e se isso não ocorreu deverá reaplicar novamente nessa mesma lesão, pois não houve o efeito desejado.

Geralmente a melanose deverá escurecer após 12 horas, não deverá formar bolha, a crosta ficará tênue e após 8 a 20 dias desaparecerá, dependendo da região onde estiver localizada. Poe exemplo, na face a recuperação é mais rápida.

Normalmente, uma sessão de aplicação é o suficiente para o desaparecimento da mancha.

Verrugas, queratoses e outras patologias: 2, 3 ou mais jatos curtos e consecutivos.

Sempre aguardar o 1° jato secar e congelar (frost) para aplicar o segundo e assim por diante. O número de jatos dependerá do tamanho das lesões, no caso das maiores poderá ser necessária mais de uma sessão de aplicação do criogênio, que só poderá ser constatado após o desaparecimento da crosta.

É freqüente haver a formação de bolha e a crosta será mais espessa.

Apresentação:

Dermafreeze® é apresentado em forma de kit que consta de:

1 tubo aerosol com 250g contendo gases fluoretados 

1 tubo extensor;

1 jogo de cones com diâmetros de 2, 3, 5, 7, 9 e 12 mm;

Manual de uso

Esterilização: os cones podem ser esterilizados por autoclave, oxido etileno ou imersos em soluções bactericidas. O tubo de extensão dispensa qualquer procedimento.

Armazenamento: deve ser guardado em sala ventilada, em temperatura ambiente, mas não exposto à luz solar. Principalmente no verão e em regiões muito quentes, pode ser armazenado em geladeira. Mantenha o tubo extensor preso ao tubo aerosol para que sua perda seja evitada.

Fabricante: Endutos Ind e Comércio Ltda. 

 Registro ANVISA: 80409950001

 RELATÓRIO TÉCNICO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE

 

 

Assine nossa newsletter e receba

ofertas e descontos